Trabalhar num escritório nunca foi uma tarefa fácil e prazerosa, mexer com papéis o dia inteiro pode vir a se tornar estressante, pior ainda quando o escritório em que você trabalha é o da Morte, onde os óbitos nunca param de chegar. O trabalho de Morte é igual o de mãe, nunca acaba. O pior de tudo é que você já não pode ser demitido por falecimento, afinal, já morreu!


Bem, mas nem só de tristeza e luto a morte vive, se não fosse por ela, Brian talvez nunca tivesse feito amizade com Sauro, que sem dúvida é a morte mais extravagante do ramo (e o mais folgado também). Sauro, como todo bom cidadão, odeia seu trabalho, vive fugindo das responsabilidades e chegando atrasado. Sim, isso mesmo, a morte tem vários funcionários, e sempre há vagas para novos candidatos!


Então venha, deixe a gravata te enforcar, arrume seu paletó de madeira e junte-se ao serviço! Ou, pelo menos, se não conseguiu entender nada do que está acontecendo, dê uma pequena olhada no além, do outro lado da vida. Vamos, chegue mais perto, leia e descubra. Mas, tome cuidado, é só você se distrair que eles vão te forçar a ficar até depois do expediente!

  Serviço

A morte usa gravata: um réquiem para aqueles do escritório – Brian A. Copolla

Formato: 16x23 cm

Páginas: 272

ISBN: 978-85-8442-188-6

Assunto: Romance

Acabamento: Brochura

Preço: R$ 29,90